quarta-feira, abril 25

General Sousa Dias, o Avô Sem-Medo!

" Sousa Dias: O resistente que fez tremer a ditadura.





O General Sousa Dias foi um exemplo raro de indefectível lealdade à República, de tenacidade, firmeza, coragem, coerência, sacrifício e luta na defesa dos ideais de que foi portadora em 1910, mesmo quando começava a não ser já mais que uma lembrança passada. Ao comemorarem‑se trinta anos sobre o 25 de Abril, setenta sobre a morte do General Sousa Dias e cento e trinta e nove sobre o seu nascimento, a melhor homenagem que lhe poderá ser feita será sepultá‑lo dignamente, prestando‑se‑lhe as honras militares que lhe foram recusadas na morte.

E, afinal, o General Sousa Dias estava do lado certo. A revolução não se faria pela via exclusivamente política, ensaiada sem êxito com as candidaturas à Presidência da República de Norton de Matos, Quintão de Meireles e Humberto Delgado. Também não se faria pela via exclusivamente militar, tendo fracassado todas as revoltas até 16 de Março de 1974. A revolução far‑se‑ia, finalmente, em 25 de Abril de 1974, pelo Povo em aliança com as Forças Armadas. "
Um exemplo para muito boa gente.

3 comentários:

Rita disse...

n ouvi flr dele, mas deves ter saído a ele de crtza! lol

*

Anónimo disse...

Porque a história foi feita de pessoas assim, que se atreveram a pensar diferente e a sonhar mais alto . . . sonhar serem livres !!
Porque essas pessoas normalmente caem no esquecimento.
Porque nos cabe a nós relembrá-los e honrar os seus nomes e os seus actos !!
Porque sem eles hoje não estariamos aqui, pelo menos não com esta liberdade !!
Porque hoje é dia de relembrar os cravos, dia de honrar a liberdade !!
Porque estava de passagem e resolvi deixar marca !!
Beijinho
Diogo de Magalhães

Anónimo disse...

O general sousa dias merece uma homenagem nacional urgente.Uma das pessoas que mais tem lutado por um funeral de dignidade é Ana Sousa Dias uma grande jornalista portuguesa.Acho que era urgente criar-se uma comissão nacional com militares de Abril para fazer um funeral de dignidade.Se quizeres movimentar-te devias contactar Ana Sousa Dias.um grande abraço anónimo