domingo, outubro 25

Changing.

Às vezes há situações que nos obrigam a mudar.
A adaptação exige flexibilidade, vontade e persistência. Exige treino contínuo, e o cansaço daí derivado é muito... É extenuante.

Sinto-me uma bailarina em cima de um palco. Mil olhos colocados em mim, o corpo a pedir-me uma pausa, e eu só peço que as luzes se apaguem, as cortinas se fechem, para poder ouvir - pelo menos - os aplausos...

Começar de novo, de forma diferente.

5 comentários:

D.G. disse...

Começar de novo, minha querida?
Um beijinho, e o nosso carinho *

D.G. disse...

Começar de novo é agora, amiga!!
Casa dos VINTEEE! :)
**

Tiago Nunes disse...

a minha filha é uma poeta!!! =D

e aplaudo e de pé

Honey disse...

Cheguei ao teu perfil por causa de outros perfis amigos...
Gostei dos teus textos, mas especialmente deste +.+

Parabéns pla tua escrita! (:

4uu disse...

=) Muito bom! E, super interessante...